Offside
Lado B

Neste episódio relembramos 11 histórias de 15 colaboradores do INESC TEC, assinalando 1 ano de "Lado B".

Corporate

Um olhar sobre nós na voz dos nossos parceiros - Testemunho do CINTESIS, pela voz de Maria João Aguiar.

Fora de Série

"Julgo que o INESC TEC tem tido um papel essencial na função de aproximar academia e indústria, que, em Portugal, ainda estão hermeticamente separadas por desconfiança mútua.", Mário Amorim Lopes (CEGI)

Asneira Livre

"Fiquei com a impressão que sou Pé Frio (...) espero que seja somente impressão, porque ainda vou passar muito tempo pelo INESC TEC e obviamente quero ver o FC Porto Campeão!", Jamil Farkatt (CITE)

Galeria do Insólito

Já sabemos que as pessoas adoram inquéritos (...) e coube à nossa colega Joana Coelho a realização de um sorteio entre os que responderam ao inquérito. Entre as mais de três centenas de pessoas que responderam ao inquérito, por fim, qual bolinha do Euromilhões, um nome saiu.

Ecografia

BIP tira Raio X a colaboradores do INESC TEC...

Novos Doutorados

Venha conhecer os novos doutorados do INESC TEC...

Novos Colaboradores

Em dezembro, o INESC TEC recebeu 19 novos colaboradores. Conheça os seus rostos.

Cadê Você?

O INESC TEC lança todos os meses no mercado pessoas altamente qualificadas...

Jobs 4 the Boys & Girls

Referência a anúncios publicados pelo INESC TEC, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género.

Biptoon

Mais cenas de como bamos indo porreiros...

Subscrever o BIP
 

Cadê Você?

O INESC TEC lança todos os meses no mercado pessoas altamente qualificadas. Muitas vezes, essas pessoas vão ocupar lugares de destaque nas melhores empresas nacionais e internacionais ou optam por formar spin-offs. Como a melhor forma de transferir tecnologia é transferir pessoas, nesta secção a voz é dada aos colaboradores que se formaram no INESC TEC e agora brilham noutras empresas e instituições.

Marco Dias Silva, Vodafone Group, Research & Standards Specialist

  • Ano em que entrou e saiu do INESC TEC: Final de 2011 até ao verão de 2012
  • Centro(s) do INESC TEC com que colaborou: CTM
  • Título(s) do(s) projeto(s) em que participou: Trabalhei no âmbito da minha dissertação de mestrado: Kinect Based System Applied to Breast Cancer Conservative Treatment.

Testemunho relativo a sua experiência desde a sua saída do INESC TEC

Logo depois da licenciatura mudei-me para Lisboa onde estive na Accenture Portugal como engenheiro de software durante dois anos. Durante esse período senti a necessidade de me envolver profissionalmente sobre o teor da minha formação: telecomunicações e computadores, e daí que quando surgiu a oportunidade de integrar a Vodafone não a ia deixar passar.

Na Vodafone tive a oportunidade de integrar equipas em domínios diferentes como infraestrutura de ‘data centres’, redes móveis e elementos de virtualizacão até integrar a equipa de R&D.

O ritmo de inovação e de foco é síncrono com o da tecnologia, ou seja, alto. No ainda pouco tempo que tenho, estou ainda envolvido na área de computação distribuída, virtualização e próxima geração de arquitetura de rede e serviços.

Na sua opinião como é que a sua experiência no INESC TEC ajudou no novo papel?

Diria que existe uma elevada correlação entre a qualidade humana entre as duas organizações, especialmente falando da unidade de investigação onde o ambiente é de certa forma similar. Encaro-o como algo natural e só me faz valorizar o período que passei no INESC TEC para com o meu nível de adaptação e desempenho atual.

Sem dúvida que o período e experiência como colaborador no INESC TEC contribuiu imenso para a minha formação e aplicação da minha formação e senti isso logo que comecei a minha vida profissional.

Fora, mas ainda dentro do ambiente académico, permite um alargar e crescer de capacidades que aconselho vivamente.

Na sua opinião, o INESC TEC mudou em quais aspectos desde a sua saída?

Muito difícil de responder. Infelizmente desde que terminei a minha formação tive poucas oportunidades de visitar e inteirar-me sobre alguns desenvolvimentos passados no INESC TEC. Por esse facto não tenho uma boa visão sobre o panorama global no qual possa comentar.