Offside
Lado B

Fomos ao teatro com o Rúben Moreira.

Corporate

Um olhar sobre nós na voz dos nossos parceiros - Testemunho da Seedstars, pela voz de Pedro Gomes.

Fora de Série

"O facto de me terem proposto para Fora de Série vem apenas provar que estou a seguir o caminho certo, dando o melhor de mim. Aliás, um dos meus lemas de vida é “Se for para ser feito, ao menos que seja bem feito”. Diria que estou a cumprir!", António Barbosa (CPES)

Pensar Sério

"Confesso que no início sentia-me um 'peixe fora de água', não percebia a terminologia utilizada e a dinâmica era bastante diferente do que estava habituada. Eu costumava falar de “emoções”, “sentimentos” e “comportamentos” e não de “sistemas”, “redes”, “algoritmos”... Susana Rodrigues (C-BER)

Galeria do Insólito

As nossas colegas secretárias de um certo Centro têm a ambição (legitima, diga-se) de educar os colaboradores para que façam os seus pedidos atempadamente e não peçam uma viagem de avião para dali a 1 hora, um veículo alugado para o minuto seguinte ou um relatório para agora mesmo...

Ecografia

BIP tira Raio X a colaboradores do INESC TEC...

Novos Doutorados

Venha conhecer os novos doutorados do INESC TEC...

Novos Colaboradores

Em fevereiro, o INESC TEC recebeu 33 novos colaboradores. Conheça os seus rostos.

Cadê Você?

A melhor forma de transferir tecnologia é transferir pessoas.

Jobs 4 the Boys & Girls

Referência a anúncios publicados pelo INESC TEC, oferecendo bolsas, contratos de trabalho e outras oportunidades do mesmo género...

Biptoon

Mais cenas de como bamos indo porreiros...

Subscrever o BIP
 

INESC TEC VENCE PRÉMIOS EDPARTNERS

INESC TEC: Fornecedor de excelência e Inovação

O INESC TEC foi um dos grandes vencedores da 3ª edição dos Prémios EDPartners, ao conquistar o primeiro lugar nas categorias Inovação e Fornecedor do Ano, numa iniciativa de âmbito ibérico que tem como objetivo destacar atores importantes no mercado da energia.

Prémio Inovação numa parceria com o Labelec

 

Foi na categoria Inovação que o INESC TEC se destacou, ao apresentar o projeto de inspeção de ativos elétricos com recurso a drones, desenvolvido pelo Centro de Robótica e Sistemas Autónomos (CRAS) do INESC TEC, em parceria com a EDP-Labelec. Este projeto ganhou, na final, à ZIV Metering Solutions, uma empresa espanhola com uma faturação de 69 M€, e à CGI TI Portugal, uma empresa com um volume de negócios de 100 M€ na área de energia.

Um drone de asas rotativas que faz a inspeção e monitorização de ativos é o contributo do INESC TEC, que desenvolveu um sistema que ajuda a realizar as inspeções e monitorização dos componentes do sistema elétrico como linhas, subestações e aerogeradores, com maior autonomia e custos menores.

 

"Uma das missões do INESC TEC é transformar ciência em impacto económico e social. E é preciso confiança da indústria, porque a comunidade científica portuguesa consegue oferecer valor", afirmou José Manuel Mendonça, presidente do INESC TEC, na sessão de entrega de prémios.

A equipa promotora deste projeto pertence ao CRAS e é constituída por José Almeida, André Dias, Eduardo Silva, Alfredo Martins, Tiago Miranda, Miguel Moreira, Fábio Azevedo, Alexandre Oliveira e André Ferreira. O INESC TEC submeteu uma candidatura ao prémio na categoria de Inovação, competindo com mais de 55 projetos nesta área, tendo selecionado vencedor de entre os três que passaram à fase final.

“O INESC TEC respondeu a um desafio da EDP Labelec e está a desenvolver com esta empresa do Grupo EDP uma solução de drones de asa rotativa para inspeção de ativos elétricos, como por exemplo, apoios de média e alta tensão, sub estações e pás de aerogeradores. A principal inovação desta solução é funcionar de forma autónoma, permitindo uma redução de riscos e otimizando o processo de inspeção. Esta cooperação com a EDP Labelec permite que a transferência de tecnologia se faça de forma eficaz e respondendo às necessidades de mercado”, segundo explica José Almeida, um dos responsáveis pela candidatura.

 

A categoria Inovação distingue projetos que demonstrem a capacidade de inovação, entendida neste caso como a implementação de uma solução nova ou significante para a instituição ou um produto, processo ou método novo, que seja capaz de reforçar a posição competitiva e o desempenho através do conhecimento.

Prémio Excelência como Fornecedor do Ano

Foi ainda atribuído a esta candidatura do INESC TEC o Prémio de Fornecedor de Excelência,  que distingue o fornecedor que apresentou o projeto melhor sucedido de entre todas as categorias a concurso, considerado «o prémio dos prémios», como referiu o Presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, Eduardo Catroga. Neste caso, não houve finalistas e o INESC TEC foi uma escolha especial do júri do concurso.

A escolha de um fornecedor de investigação por contrato e de consultoria avançada vai ao encontro da relação intensa e abrangente que existe entre o INESC TEC e quase todas as empresas do Grupo EDP, e que remonta há mais de 25 anos.

 

Nesta parceria, há que salientar sobretudo o trabalho desenvolvido pelo Centro de Sistemas de Energia (CPES) do INESC TEC, envolvendo colaborações no âmbito de projetos europeus, tais como SuSTAINABLE, evolvDSO, UPGRID, SENSIBLE e InteGrid, tendo daqui resultado inúmeras soluções inovadoras para a atividade das empresas do Grupo EDP. Neste âmbito, o CPES tem vindo a desenvolver, ao longo das últimas décadas, um trabalho que tem envolvido uma interação de excelência em diferentes vertentes, e com várias empresas do Grupo EDP, sendo de salientar de entre os vários contratos realizados o que envolveu o projeto INOVGRID / INOV CITY, pela grande dimensão e caráter emblemático no arranque do tema das Smart Grids em Portugal.

De referir ainda que o INESC TEC tem com as empresas do Grupo EDP um contrato-programa para o desenvolvimento de investigação por contrato e consultoria avançada sobre problemas complexos das diversas áreas técnicas e de negócio da EDP. No âmbito deste contrato-programa foram já desenvolvidos inúmeros projetos, envolvendo diversos centros de investigação e nas mais diversas áreas, tais como tecnologias de informação, engenharia industrial, produção de software, robótica e multimédia, entre outras.

EDPartners a premiar desde 2012

A 3ª edição dos Prémios EDPartners abriu concurso, pela primeira vez, a parceiros espanhóis. Recebeu um total de 172 candidaturas, provenientes de 133 empresas, distribuídas em cinco categorias distintas: Relação com o Cliente; Partilha de Boas Práticas; Inovação; Desenvolvimento Sustentável; e Prevenção e Segurança. Em competição estiveram várias empresas espanholas e muitas multinacionais, todas à procura da visibilidade e credibilidade resultantes desta iniciativa, que podem acabar como potenciadoras de novos negócios.

Os Prémios EDPartners são uma iniciativa de âmbito ibérico, que tem como objetivo contribuir para a diferenciação de atividades na área de energia e, consequentemente, desenvolver a economia nacional com o reconhecimento dos melhores parceiros do Grupo EDP.

Organizada pela EDP desde 2012, esta iniciativa pretende afirmar a excelência através do reconhecimento dos melhores fornecedores no Grupo e projetar internacionalmente os seus parceiros.

Em paralelo, a EDP promoveu ainda os EDPartners Roadshows, uma atividade que teve como objetivo dar a conhecer fornecedores nacionais junto de empresas nos respetivos mercados de atuação, organizando para isso uma série de eventos de networking.


Objetivo: crescer

 


A EDP entregou nesta edição prémios a quatro empresas portuguesas e uma espanhola, distinguindo assim os melhores parceiros dos últimos dois anos. Os prémios foram entregues na sessão de encerramento do concurso, que decorreu no dia 20 de março, no Convento do Beato, em Lisboa, e que contou com a presença de mais de 300 pessoas, na sua maioria pequenos e médios empresários.

Daniel Traça, diretor da Universidade Nova de Lisboa e orador convidado no momento de anúncio dos vencedores, afirmou que "as empresas que não exportam não aumentam a sua produtividade. E a crise pela qual o país passou aconteceu porque Portugal não conseguiu ser produtivo".

Apresentando-se como um projeto com destaque próprio, os Prémios EDPartners definem uma posição de relevo e evidenciam o papel da empresa no seu mercado de atuação. Apesar de se tratar de uma iniciativa ambiciosa, oferece resultados aos seus participantes, na medida em que cria uma verdadeira relação entre as empresas do Grupo e os seus fornecedores.

O objetivo será sempre crescer, pelo que para a próxima edição dos Prémios EDPartners, marcada para 2019, prevê desde já a abertura do concurso também a fornecedores brasileiros.

Os investigadores do INESC TEC mencionados nesta notícia têm vínculo ao INESC TEC, à UP-FEUP e ao P.Porto-ISEP.